25min

Configurar instância CITSmart para acesso via mobile

Este documento tem como objetivo orientar para a configuração do servidor para uso do aplicativo CITSmart Experience.

Antes de começar

É necessário Implantar a versão 7.2.2.0 (ou superior) do CITSmart, configurar os parâmetros 257 e 272, sendo:

  • Valores: "S" ou "N". Default: "N"
  • Caso o valor do parâmetro seja “S”, poderão ser mostradas somente as notificações de solicitações sem responsável atual.
  • Caso o valor do parâmetro seja “N”, poderão ser mostradas as notificações de todas as solicitações.

Os parâmetros 254 (Parametrização > Sistema), 255, 256, 258, 267, 284, 285, 286, 350 também devem ser configurados.

Configurando os web services

A configuração dos Web services são fundamentais para o acesso a todas as funcionalidades do aplicativo. Seguir os passos para melhor configurá-lo:

  1. No CITSmart Experience (Web), acessar a funcionalidade de Web Services referente ao mobile (Sistema > Configurações > Web Services Citsmart Mobile);
  2. Clicar na aba “Vincular Grupos” e vincular o grupo executor de atividades aos Web Services do CITSmart Experience Mobile.

Regra

No momento que o grupo for selecionado ele será vinculado a todos os Web Services do CITSmart Experience de forma automatizada.

Instalação do certificado intermediário globalsign

Para reconhecer o certificado intermediário da GlobalSign (Emissora do Certificado Digital) é necessário a instalação do mesmo:

  1. Acessar o endereço: https://support.globalsign.com/customer/portal/articles/1464460-domainssl-intermediate-certificates;
  2. Depois de instalado, alterar o endereço do aplicativo para suas necessidades (exemplo: “https://citsmart.empresa.com.br/citsmart”).

Instalação do app Android/iOS

  1. Acessar a loja (Play Store ou App Store) para baixar o aplicativo CITSmart Experience mobile;
  2. Pesquisar por CITSmart Experience e após a pesquisa, selecionar o aplicativo;
  3. Pressionar o botão "Instalar" para baixar o aplicativo.

Criar chave para uso e consumo das APIs Google

Para que seja possível o uso e consumo das APIs Google é necessário que uma API Key seja criada. Para isso, os seguintes passos devem ser seguidos:

Para realizar esses procedimentos é necessário estar logado com uma conta Google.

  1. Acessar o console do desenvolvedor Google https://console.developers.google.com;
  2. Clicar em "Criar um projeto", conforme indicado na figura abaixo:
  3. Será apresentada uma janela, conforme ilustrada na figura abaixo, para informar os dados do novo projeto;
  4. Informar o nome do projeto e clicar no botão "Criar" para criação do projeto.
  5. Após criar o projeto, clicar em APIs e serviços. Para criar a API Key, clicar em APIs e serviços > Credenciais > Criar credenciais > Chave de API, conforme indicado na figura abaixo:
  6. Feito isso, a chave de API será apresentada:
  7. Escolha a opção que melhor atenda a necessidade. Para mais informações sobre qual chave irá lhe atender, acessar https://developers.google.com/console/help/new/#generatingdevkeys.
  8. Após as chaves criadas, as APIs já poderão ser consumidas.

APIs a serem utilizadas nas soluções

Segue abaixo as APIs do Google a serem consideradas nas soluções:

Figura 7 - APIs
Figura 7 - APIs
  • Directions API: a API de direções do Google é consumida através de requisições HTTP. Tal API calcula direções entre dois pontos informados, a origem e o destino, possuindo outras diversas opções. Para maiores informações sobre o uso dessa API, acesse: https://developers.google.com/maps/documentation/directions.
  • Distance Matrix API: a API Google Distance Matrix permite a recuperação de matrizes de distâncias entre dois pontos, ou seja, retorna também resultado aproximados. A diferença para a Google Directions API é que a Distance Matrix não retorna informações tão detalhadas, como os passos a serem realizados. Para maiores informações sobre o uso dessa API, acesse: https://developers.google.com/maps/documentation/distancematrix.
  • Geocoding API: a Google geocoding API é uma API que ajuda a recuperar posições geográficas enviando como argumento um endereço por extenso. O consume da API é feito por HTTP e os resultados podem ser obtidos em XML ou JSON. Para maiores informações sobre o uso dessa API, acesse: https://developers.google.com/maps/documentation/geocoding.
  • Statics Maps API: a API para mapas estáticos do Google será utilizada em casos que não será necessário a interação como mapa, apenas visualização. É interessante seu uso uma vez que é mais leve, visto que não é necessário o download de recurso JS e imagens que não serão utilizadas. Para maiores informações sobre o uso dessa API, acesse: https://developers.google.com/maps/documentation/staticmaps.
  • Google Maps JavaScript API: o uso da API é feito por meio de uma API JS. Para seu uso, basta linkar o JS na página que irá usar o maps. Para maiores informações sobre o uso dessa API, acesse: https://developers.google.com/maps/documentation/javascript.

Ativando uma API

Para ativar uma API para uso, proceder conforme os passos descritos abaixo:

  1. Após executar os passos descritos na seção "Criar chave para uso e consumo das APIs Google";
  2. Clicar em APIs e serviços > Ativar APIs e serviços , conforme indicado na figura abaixo:
Document image
  1. Será apresentada a biblioteca de APIs. Selecionar a API que deseja ativar (a figura abaixo representa um exemplo de API) e clicar no botão "Ativar" conforme indicado na figura abaixo:
Document image
  1. Feito isso, a API estará habilitada para uso.